Notícias Notícias

Prêmio Celso Furtado - Projeto estimula o turismo em Alagoas

Trabalho aponta potencialidades de 12 municípios na região do Baixo São Francisco e promove a capacitação em todos os níveis da cadeia.
 
Brasília-DF, 2/6/2015 - Gerar novas oportunidades de emprego e renda para a população, por meio da integração e do manejo sustentável dos recursos naturais. Foi com esse objetivo que o alagoano Michael Soares elaborou o projeto "Dinamização e Sustentabilidade do Baixo São Francisco", vencedor da terceira edição do Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional, na categoria "Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional". A cerimônia de entrega ocorre nesta terça-feira (2/6), em Brasília (DF) - veja abaixo.
 
Criado em 2012, o projeto contempla 12 municípios de Alagoas e oferece insumos para a promoção do turismo, estimulando não só as ações diretas, mas as atividades indiretas, como a agricultura familiar, correlacionada à atividade turística na região. Além de gerar emprego e renda para a população, o projeto proporciona melhorias e qualidade de vida para as famílias que residem no Baixo São Francisco.
 
Michel Soares conta que o projeto foi criado com o intuito de implementar um modelo integrado de desenvolvimento na região, gerando oportunidades para as famílias de baixa renda, por meio de ações de capacitação e profissionalização. 
 
"Iniciamos o trabalho detectando as potencialidades locais e as necessidades. Capacitamos todos os níveis da cadeia, desde os garçons, camareiras até os próprios empreendedores. Nesta etapa contamos com o apoio de diversos parceiros técnicos, como o Sistema S e até mesmo o governo estadual. Agora o projeto entra na fase de apoio à comercialização", explica Soares.
 
Os resultados são percebidos por empresas turismo da região. O operador Robério Gamos, da empresa Farol da Foz Ecoturismo, localizada na cidade de Piaçabuçu (AL), garante que, além de ter aumentado a carteira de serviços, o número de clientes subiu consideravelmente. 
 
"O projeto conseguiu integrar os operadores de turismo e os destinos, uma coisa que já pleiteávamos há muito tempo, mas que não era possível devido a questões territoriais e de comunicação. Tivemos acesso a ferramentas, informações, cursos e treinamentos. A ação impactou não apenas a qualidade do serviço, mas o faturamento", revela.
 
O projeto "Dinamização e Sustentabilidade do Turismo no Baixo São Francisco" conta com o apoio do Governo do Estado de Alagoas e do Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS). Com a conquista do Prêmio Celso Furtado 2014, Michael Soares leva para casa R$ 50 mil.
 
Prêmio Celso Furtado
O Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional 2014 é entregue nesta terça-feira (2/6), em Brasília (DF), durante cerimônia realizada no Ministério da Integração. Diversas autoridades do governo federal e de estados já confirmaram presença no evento. 
 
Os trabalhos contemplados estão divididos em quatro categorias, que avaliaram teses acadêmicas em níveis de doutorado e mestrado, projetos inovadores e inéditos, experiências exitosas, que visam à promoção da equidade no acesso a oportunidades de desenvolvimento e a implementação no território. 
 
A premiação foi lançada em 2012 com o objetivo de promover a reflexão, do ponto de vista teórico e prático, acerca do desenvolvimento regional no Brasil. Entre os ganhadores desta edição, estão representantes de Alagoas, Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo, Pernambuco e São Paulo.  Os prêmios variam de R$ 13 a R$ 50 mil.